Geminiano Letra – Djonga

Geminiano Letra – Djonga


Geminiano Letra – Djonga
Letras da musica:
Geminiano (Letra) – Djonga

Boogie Naipe na caixa
Ela dormindo no carona
Enquanto olho e penso:
Que ela só quer dinheiro
Se é isso menos mal
Não tenho, logo não temo
Tremo
Se essa boca me chupa inteiro
No pé meu RosheRun
Tipo atleta, corro da morte
Hora do Rush
Ela sem roupa é tipo a sorte
Me prometeu fidelidade
Pra você prometo nada
É só por essa noite
Que amanhã sou pé na estrada
Depois, sou pé na entrada
Volto arrependido
Me oferece o chá, eu digo: Tô servido
Disse que eu sou machista
Eu digo: Tô fudido
Disse que vai explanar
Repito: Tô fudido
Chamo ela de louca, levo um tapa
Pra ler seu corpo, nega, quero um mapa
Gostamos de transar ao som do jovem Maka
E ao final nós dois tipo na maca
Nós dois tipo na maca
Faço minha mala, dessa vez ela me puxa
Desfiz minha mala, dessa vez ela me chupa
Vejo arrepio no toque das costas
A mais errada dentre minhas apostas

Na real, se era pra ser
Ou não
Não quero ela por perto
Só que não quero ela longe, não
Na real, se era pra ser
Sei não
Não quero ela por perto
Difícil é quer ela longe, irmão

Me prende, eu me sinto no filme Fuga de Alcatraz
A menos quando eu fico preso entre suas pernas
Me odeia que eu fique preso em outras pernas
Minha profissão exige que eu analíse pernas
Agora entendo por que eles chamam de patroa
É por que da trabalho
Agora entendo por quê elas nos acham otário
É que nós só damos caralho
Olho no espelho
Me observa no reflexo
Sua retina é amor e ódio
Minha rotina é tipo cocaína, brisa passageira
E o meu foco é no pódio
E eu querendo comer, quero me alimentar
Essa noite te dou amor amanhã cê me dá
Essa noite vou ser poeta, você Afrodite
Você sereia, eu Jack Sparrow
Na jangada pra Nikiti
Suas amigas me odeiam
Coincidência, é que eu também odeio elas
Na verdade dizem que me odeiam
Elas já transaram comigo, eu já transei com todas elas
Nem sempre reapresentei
Esses caras mentem pra tirar vantagem
Você também num é isso tudo, não
Vamo ficar no zero a zero sem erro pra margem

Na real, se era pra ser
Ou não
Não quero ela por perto
Só que não quero ela longe, não
Na real, se era pra ser
Sei não
Não quero ela por perto
Difícil é quer ela longe, irmão